Escolas municipais realizam diversas atividades de estudo da BNCC

por Camila Scherer, 11/07/2018 às 09:47 em Educação

Considerando a necessidade prevista na legislação vigente, partindo de uma das metas do Plano Nacional de Educação, reportando-se à Constituição Federal de 1988 e também à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996, as redes de ensino em todo o país estão em plena fase de estudos da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a ser implantada em todas as escolas do país até 2020. Em Palmeira das Missões, assim como em todo o Brasil, o dia 06 de julho, foi de estudos a respeito da base, com a realização do Dia D da BNCC nas escolas da rede municipal de ensino.

 

Ao longo do dia, as equipes diretivas, coordenações pedagógicas e professores da educação infantil e do ensino fundamental estiveram nas escolas urbanas e rurais participando de encontros de formação organizados por cada escola. A Secretaria Municipal de Educação de Palmeira das Missões vem há meses abordando o assunto com as escolas e compartilhando materiais, guias de estudo e orientando no andamento do processo. As direções das escolas, por sua vez, organizam as formações internas junto ao seu quadro docente. As ações continuam com novos encontros, por área do conhecimento, já programados para breve, sendo que há inclusive previsão de formação para gestores em educação – que juntamente com os professores serão os grandes responsáveis pelo êxito na execução desta política.

 

A equipe da SME, assim como as escolas, formou seu grupo de trabalho (GT) para realização de estudos sobre a BNCC, legislação relacionada e supervisão do processo em toda a rede municipal de ensino, composta por 11 escolas de ensino fundamental e 07 escolas de educação infantil. A coordenação das ações está a cargo da professora Rogéria Teixeira da Rosa, coordenadora pedagógica, e da professora Nirlene Boeri, secretária municipal de Educação de Palmeira das Missões. Integram a equipe os professores que atuam junto ao Setor Pedagógico da SME, com suporte dos colegas de assessoria executiva. Diversas atividades estão previstas para os próximos meses e o assunto certamente estará, até o próximo ano, em diversas pautas educacionais, dada a sua importância.

 

Sobre a BNCC

Aprovada pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) em dezembro de 2017, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) deve ser implementada nas escolas de educação básica e ensino fundamental de todo o país em até três anos. No entanto, isso não significa que o debate em torno do texto que serve de parâmetro para os currículos estaduais, tenha terminado. 

 

A este respeito, o GT de trabalho no Rio grande do Sul, coordenado pela Undime RS, trabalha intensamente em cooperação com a Seduc RS no que concerne à construção do Referencial Curricular Gaúcho. Elaborada em dois anos e meio, a BNCC foi muito debatida pela sociedade e por autoridades em educação. A primeira versão do texto recebeu mais de 12 milhões de propostas de emendas, formuladas por 310 mil pessoas. A segunda foi submetida a debates públicos, que contaram com a participação de 9 mil professores, gestores e técnicos de secretarias.

 

A Base Nacional Comum Curricular define um conjunto de 10 competências gerais que devem ser desenvolvidas de forma integrada aos componentes curriculares, ao longo de toda a educação básica. As competências foram definidas a partir dos direitos éticos, estéticos e políticos assegurados pelas Diretrizes Curriculares Nacionais e de conhecimentos, habilidades, atitudes e valores essenciais para a vida no século 21. Segundo a BNCC, as competências gerais “explicitam o compromisso da educação brasileira com a formação humana integral e com a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva”. Elas foram incluídas no capítulo introdutório da Base, que também apresenta os fundamentos pedagógicos que orientam todo o documento.

 

Fotos: Divulgação

 

Tags:   base-nacional-comum-curricular   palmeira-das-missoes



 

Tribuna da Produção

- O conteúdo faz a diferença - 

Desenvolvido por:

Ligue Site